Seguro de crédito de empresas: como pode ser útil?

Blog / Financeiro / Seguro de crédito de empresas: como pode ser útil?
30 de Setembro de 2022
Seguro de crédito de empresas: como pode ser útil?

Atualmente assistimos a um aumento do número de devedores, ao nível empresarial e particular, tendo em conta a crise económica vivida nos últimos meses. Os seguros de crédito para empresas podem ser uma solução para este problema. Descubra em que consiste um seguro de crédito, algumas das principais seguradoras de crédito em Portugal e muito mais!

A crise mundial vivida durante os últimos meses, causada, numa primeira instância, pelo vírus COVID-19 e, mais recentemente, pela guerra entre a Ucrânia e a Rússia, tem afetado, drasticamente, a maioria dos países mundiais. Isto tem-se refletido na saúde económica das empresas, que viram os preços de matérias-primas aumentar, fluxos logísticos parar, muitos negócios terem de fechar e outros contraírem dívidas.

No que diz respeito aos clientes particulares, o cenário é semelhante, tendo em conta a redução de postos de trabalho, tendo em conta os fatores anteriores, assim como outros relacionados.

De que forma as empresas se podem preparar e/ou adaptar para esta situação ou outras semelhantes?

Um seguro de crédito de empresas pode ser uma mais valial uma vez que é uma ferramenta cujo objetivo é de garantir que a empresa não seja afetada pelo incumprimento dos pagamentos comerciais por parte dos clientes, considerando a instabilidade e possíveis problemas do mercado, bem como processos de insolvência, incumprimentos prolongados ou outro tipo de problemas entre empresas.

Deste modo, um seguro de crédito empresarial permite colmatar, de alguma forma, o risco associado às transações comerciais a crédito, fazendo com que as empresas beneficiem de uma gestão eficaz dos créditos a clientes e assegurem que essas dívidas sejam pagas. Assim, o capital da empresa fica mais protegido e existe uma maior propensão à obtenção de empréstimos, o que assegura a solidez económica da empresa.

Quais as vantagens de um seguro de crédito?

  • Proteção para situações de não pagamento;

  • Redução dos riscos operacionais;

  • Melhoria na gestão da tesouraria da empresa;

  • Aumento do potencial de vendas;

  • Maior estabilidade para preparação para expansão internacional;

  • Melhores oportunidades e condições de financiamento;

  • Melhoria da saúde financeira da empresa - saiba como calcular.

Existem diferentes seguradoras de crédito em Portugal, sendo estas 2 as principais seguradoras públicas:

  • COSEC

A COSEC - Companhia de Seguros de Crédito, SA é a entidade mandatada pelo Estado Português, que oferece um conjunto de soluções de apoio à gestão, controlo e investimento de crédito, no mercado interno e externo, para pequenas, médias e grandes empresas, incluindo para multinacionais.

Adicionalmente, utiliza ferramentas focadas na redução de perdas previsíveis, oferece apoio técnico especializado e disponibiliza um conjunto de seguros de crédito, nomeadamente em duas vertentes: seguros de crédito standard, com a garantia do Estado e por um Programa Capitalizar Mercados Externos, destinado à internacionalização.

  • IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação

O IAPMEI é uma agência pública, sob a tutela do Ministério da Economia, responsável pela promoção da competitividade e crescimento empresarial, a partir da gestão de apoios públicos e financiamento para a inovação e o empreendedorismo, já utilizados por mais de 140 mil empresas.

Esta entidade tem ao seu dispor um portal de financiamento, onde pode consultar um conjunto de soluções de financiamento e seguros de crédito, assim como realizar uma simulação de seguro de crédito, a partir do preenchimento de diferentes campos relacionados com a empresa.

Por outro lado, existem diferentes alternativas ao seguro de crédito em Portugal, para aquelas empresas que pretendam diminuir os riscos associados à solicitação de crédito, entre as quais os seguintes métodos:

  • Auto Seguro, uma forma de reserva para situações específicas, que visa compensar o défice gerado, nos casos em que os clientes não consigam cumprir com as suas obrigações;

  • Factoring, para aqueles que têm a seu cargo uma empresa de factoring. que, por norma, possui créditos concedidos das empresas por uma contrapartida dessa faturação, com custos que podem variar entre 1% e 10%. Permite por isso um acesso direto ao capital, em troca de uma percentagem dos créditos assumidos, acrescido de uma taxa. Algumas das empresas de factoring assumem o risco de não pagamento, suportado pelas empresas;

  • Carta de Crédito, que consiste num acordo do Banco para garantir que o pagamento de uma obrigação do comprador seja realizada, de acordo com o tempo e valor determinados, embora reduza a sua capacidade de empréstimo.

De maneira a selecionar a opção mais adequada ao seu negócio e objetivos, é fundamental estar bem informado de todos os dados relativos ao financiamento e contabilidade da sua empresa.

Por outro lado, antes de aceitar alguma proposta contratual de um novo cliente é, também, uma mais valia estar a par dos seus dados e números em diferentes fatores. Sabe qual é a melhor forma de ter acesso a este tipo de dados?

A partir do Racius, poderá aceder às informações de mais de 1 Milhão de empresas em Portugal, nomeadamente no que diz respeito ao volume de negócios, rentabilidade ou ações em Tribunal e Insolvência. Conheça todos os planos de subscrição e aceda já hoje aos relatórios das empresas relativos a 2021!

Faça agora uma análise da sua concorrência

Escolha até 6 empresas do mesmo ou diferentes setores de atividade para integrar o comparativo de forma a comparar, por exemplo, a sua empresa e os seus concorrentes.

Categorias

Qual é a evolução da empresa?

Através do relatório financeiro resumido poderá comparar vários anos da sua evolução